10 curiosidades sobre gastronomia

gastronomia-aoredordamesa

Gastronomia é o termo que usamos para definir as práticas e conhecimentos relacionados a arte da culinária. É através dela que experimentamos, testamos, inventamos e até expressamos um pouco da nossa tradição.

Assim como nós, muitos dos alimentos e pratos que amamos possuem uma história que também merece destaque. Por isso, separamos 10 curiosidades gastronômicas para te mostrar que comida também é cultura. Descubra!

1.  Já se comia pipoca antes de “descobrirem” a América

Muito antes de ser sinônimo de cinema, a pipoca já era consumida quando o conceito de filme ainda nem tinha sido idealizado.

Não há uma data certa de quando a primeira pipoca foi feita, mas, o primeiro registro foi feito por Colombo quando chegou à América. Ele observou que quando os índios levavam as espigas de milho ao fogo, elas “explodiam”, formando assim, a pipoca.

gastronomia

2. Pinga, cachaça e aguardente não são a mesma coisa

Essas três iguarias da gastronomia, apesar de comumente confundidas como a mesma bebida, são diferentes.

Aguardente é um destilado de alto teor alcoólico que pode derivar de diversos alimentos, como cereais, frutas, raízes, cana-de-açúcar, etc. Já a cachaça é uma bebida, também destilada, feita da borra ou melado da cana-de-açúcar. Por último, a pinga é elaborada a base de garapa e caldo de cana fermentado.

gastronomia

3. Mexerica, poncã e tangerina não são nomes diferentes para uma mesma fruta

Muitos são os nomes dados para essa fruta, mas elas são a mesma espécie, só fazem parte da mesma família. Mexerica e poncã são tipos de tangerina, que é uma fruta cítrica.

Apesar da mexerica e poncã serem bastante parecidas, elas são derivações de árvores diferentes. Na prática, a mexerica possui um cheiro mais forte e um sabor mais ácido, quando descascada.

gastronomia

4. O café mais caro do mundo é refinado nas fezes de um elefante

Não é de hoje que alguns alimentos e pratos na gastronomia possuem um processo um pouco duvidoso. O café mais caro do mundo, por exemplo, é refinado nas fezes de um elefante na Tailândia. Seu valor pode chegar a R$2.200.

A explicação é que alguns animais possuem enzimas estomacais capazes de atuar diretamente na proteína do café, deixando-o menos amargo e mais encorpado.

gastronomia

5. Não existe alimento afrodisíaco

Você com certeza já deve ter ouvido falar das propriedades que alguns alimentos possuem de aumentar a libido. Porém, trago más notícias.

Nenhum alimento na gastronomia tem, comprovadamente, propriedades afrodisíacas. O que acontece é que alguns deles, como guaraná, açaí e amendoim, garantem o aumento energético, podendo melhorar o desempenho em atividades físicas, como no caso de práticas sexuais. Porém, eles não estão diretamente ligados ao estímulo sexual.

gastronomia

6. O croissant foi inspirado na lua crescente

O croissant foi inventado na Áustria durante o ano de 1869. O pãozinho foi criado para marcar a vitória do exército austríaco sobre os turcos otamanos, a pedido do imperador.

Por entrarem muito cedo no trabalho, foram os padeiros que avisaram e ajudaram o exército a evitar a invasão.

gastronomia

7. Cozinhar macarrão sem óleo não muda nada

Muitas pessoas colocam algumas gotas de óleo na água na hora de cozinhar o macarrão no intuito da massa não grudar ao cozinhar. Mas como o óleo fica na superfície da panela, isso não muda nada, tratando-se apenas de um mito.

gastronomia

8. Tanto faz o lado do papel alumínio usado

Outro mito muito comum no universo da gastronomia é sobre o lado do alumínio mais apropriado para o cozimento dos alimentos, principalmente quando levado ao forno.

Mas uma grande quantidade de fabricantes do produto já declararam que o lado não influencia em nada no preparo de receitas.

gastronomia

9. Nem todo vinho fica melhor com o tempo

É normal encontrar pessoas que compram vinho e deixam “envelhecer” para uma ocasião especial. Mas para um vinho realmente ficar bom com seu envelhecimento, ele precisa possuir alta concentração de taninos, ácidos, açúcares e álcool.

A maior parte dos que são vendido em mercado são vinhos produzidos para consumo imediato.

gastronomia

10. O restaurante mais antigo do mundo fica em Madri

Se você já se perguntou alguma vez qual se o restaurante mais antigo do mundo, eu tenho a resposta: ele se chama Sobrino Botín e fica em Madri, na Espanha. Criado em 1725, o restaurante foi eleito pelo Guinness Book como o mais velho mundialmente.

A gastronomia é cheia de curiosidades e histórias para contar. Quer saber mais? Siga-nos no Facebook e fique por dentro do que há de melhor no universo gastronômico!